Milkman | Anna Burns

Este foi um dos livros que vos apresentei na minha TBR de Outubro passado, que me foi gentilmente cedido pela Porto Editora. Acontece que já só terminei a leitura em Novembro e não foi uma leitura fácil. Demorei muuuuuiiiiiiiito tempo porque a narrativa é quase oral, com frases muito prolongadas e não ajuda o facto de as personagens não terem nome, tornando-se bastante mais difícil perceber de quem é que a narradora está a falar.

A obra retrata um cenário de conflito e tensão políticos entre duas fações e a vida das pessoas durante esse período. Milkman é narrado por uma rapariga que vive numa zona considerada anti-governo e onde os moradores são vigiados. O medo é uma constante na vida destas pessoas e chega a impedi-los de procurarem cuidados de saúde. O assédio sexual é talvez o tema central da obra bem como a criação de rumores capazes de influenciar a vida da narradora da obra.

Foi passados vinte anos. Tendo eu dezoito na altura e tendo crescido num lugar onde a violência explodia à mínima coisa e onde a regra era que, não havendo abuso físico ou insulto verbal declarado, não havendo sequer um olhar sugestivo, então nada se passava, como podia estar eu a ser vítima de algo que nem sequer estava a acontecer?

Milkman – Anna Burns

O prolongamento das ações e as repetições no prolongamento da protagonista fizeram com que esta leitura do vencedor do The Man Booker Prize 2018 não correspondesse às minhas expectativas. Contudo, a história em si e os temas abordados interessam-me e a leitura da obra permitiu-me uma reflexão sobre os mesmos. Por estas razões recomendo esta leitura a quem gostar de pensar sobre o que lê e não a quem quer uma leitura empolgante e rápida.

Beijjinhos,
Carina
Já cá estou e, por agora, fico

Segue o blog
error

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.